Respiradores Mecânicos Não-Invasivo

(BIPAP, CPAP)

O que é?

Quando falamos em Respiradores Mecânicos, nos referimos aos aparelhos que vão nos auxiliar a ventilar um paciente que esteja em desconforto respiratório ou insuficiência respiratória, bem como, aqueles que, por algum motivo, não apresentem uma ventilação pulmonar adequada.

Os Respiradores de hoje são compactos, modernos e eficientes, atendendo a toda e qualquer exigência médica, podendo inclusive manter um paciente respirando até a chegada de um apoio médico ou uma ambulância.

Tratamentos com Ventilação Não-Invasiva

Sempre que você ouvir a palavra BIPAP ou CPAP, saiba que na maioria das vezes, está se falando de ventilação não-invasiva. Trata-se de um suporte ventilatório administrado através de uma Máscara Nasal ou Facial. Uma das vantagens deste tipo de ventilação é a sua implementação imediata. Basta indicação de um profissional habilitado, Médico ou Fisioterapeuta, e o aparelho já pode ser encaminhado para sua residência. Para sua utilização residencial, basta uma tomada de energia elétrica. Segue abaixo, os benefícios que pode conseguir utilizando a ventilação não-invasiva.


Principais benefícios:

  • Melhora a troca gasosa,
  • Minimiza o desconforto respiratório,
  • Diminui a necessidade de hospitalizações,
  • Redução dos riscos de infecções respiratórias,
  • Redução das lesões de vias aéreas superiores,
  • Redução do tempo de hospitalização,
  • Redução da morbidade e mortalidade,
  • Baixo custo de terapia,
  • Fácil manuseio

VNI ( Ventilação Não-Invasiva )

Indicamos para o pacientes com Insuficiência Respiratória crônica estável ou lentamente progressiva Hipoventilação noturna com desaturação de O2.
Desconforto respiratório associado a restrição mecânica (obesidade mórbida) ou patológica (fraqueza da musculatura respiratória, pós-cirúrgicos ou broncoespasmos).


Critérios de Inclusão para VNI

  • Paciente colaborativo,
  • Paciente capaz de proteger as vias aéreas e eliminar secreções pulmonares (catarro),
  • Capacidade de adaptação às máscaras nasal ou facial,
  • Pressão arterial controlada,
  • Ausência de arritmias cardíacas,
  • Ausência de crises convulsivas.

Patologias mais comum indicadas para VNI

  • Doenças neuromusculares,
  • Lesões medulares,
  • Deformidades da Caixa Torácica,
  • Síndrome da Hipoventilação Central,
  • Hipoventilação na obesidade (Pick-Wick),
  • Apnéia Obstrutiva do Sono,
  • DPOC descompensados.

CPAP

Modo ventilatório onde existe pressão positiva nas vias aéreas (pressão de ar), mantida durante todo o ciclo respiratório, de forma contínua. O paciente respira espontaneamente. É utilizado geralmente para exercícios respiratórios em fisioterapia, proporcionando a otimização da ventilação pulmonar e do trabalho respiratório. Muito utilizado em pacientes com apnéia de sono. Sendo silencioso, elétrico e compacto pode ser utilizado com máscara nasal ou facial.


BIPAP

Outro modo ventilatório com dois níveis de pressão (pressão inspiratória e uma expiratória), que se alteram nas vias aéreas. Utilizado também para exercícios, e quando o uso do CPAP se torna ineficiente, devido a necessidade de pressões inspiratórias maiores ou adaptação do paciente. Sua vantagem sobre o CPAP é onde suas duas pressões associadas dão ao paciente mais conforto ao respirar, simulando uma respiração espontânea com acompanhamento da respiração voluntária do paciente.



Entre em Contato!